Mulher é encontrada morta em prédio comercial na Avenida Tancredo Neves

Vítima teria pedido uma pausa no atendimento do call center nesta segunda-feira para ir ao banheiro e despareceu.

Avenida Tancredo Neves

Uma funcionária da empresa Call Tecnologia “Disque 100” foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (14), no prédio Catabas Empreendimentos, na avenida Tancredo Neves, em Salvador. Daniela Bispo foi encontrada com marcas de agressão na cabeça em uma área desativada do prédio. A vítima estava no quinto andar.

De acordo com o Centro Integrado de Comunicação (Cicom), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para prestar socorro, mas ela já estava sem vida. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionado e investiga o caso. Ela teria pedido uma pausa no atendimento do call center nesta segunda-feira para ir ao banheiro e despareceu. Foi encontrada morta hoje cedo.

O Cicom informou que ainda não há informações de que a vítima seria funcionária do prédio ou de alguma empresa que fica no edifício. O corpo da vítima foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Daniela trabalhava no serviço ‘Disque 100″, do Ministério dos Direitos Humanos. Recebia diariamente denuncias de agressão a LGBTs, idoso, criança, pessoas com deficiência, racismo e intolerância religiosa.

Leia também: