Mulher na Política: Fafá de Senhorinho vivencia desafio de ser a única representante feminina no Legislativo de Camaçari

Durante entrevista, a vereadora falou sobre a importância da participação da mulher na política.

Em meio à reflexão das vitórias alcanças e dos espaços conquistados, dia após dia, mulheres em todo mundo lutam para provar que são capazes de fazer qualquer coisa e que possuem direitos iguais aos homens. Por conta disso, na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Bahia No Ar apresenta uma série de reportagens sobre mulheres que são destaque em Camaçari, nos mais diversos segmentos da sociedade.

Desta vez o tema em destaque é política e a última entrevistada da série é a vereadora Maria de Fátima Almeida de Souza, mais conhecida como Fafá de Senhorinho, única representante feminina na Câmara de Camaçari. Aos 56 anos, Fafá, que reside na cidade há mais de 40, é casada, tem cinco filhos, quatro netos e formada em Serviço Social.

Seguindo os passos de seu pai, no que diz respeito ao desenvolvimento de trabalhos sociais, Fafá resolveu entrar para a política e nas eleições de 2016, obteve 1.412 votos, ficando como 1ª suplente do partido Democratas. Com a saída de um vereador eleito para uma secretaria do município, a então suplente assumiu a cadeira no Legislativo Municipal.

Durante entrevista, a vereadora pontuou que a participação da mulher na política é muito importante, tendo em vista que o sexo feminino pode exercer qualquer atividade, mas lembrou que ainda existe muito preconceito.

“Infelizmente, muita gente ainda acha que mulher foi feita somente para lavar, passar e cozinhar. Mulher pode e deve entrar na política sim. Precisamos de um voto de confiança e acreditar que a mulher tem capacidade para desenvolver esse papel que é tão importante”, disse.

Sobre ser a única mulher na Câmara, Fafá disse que existe muito respeito por parte de toda a Casa e ressaltou que foi bem acolhida quando chegou. A parlamentar, no entanto, disse que gostaria de ter outras mulheres como colegas no parlamento.

A vereadora também listou alguns dos projetos voltados para as mulheres que apresentou em seu mandato, a exemplo do Projeto de Lei Nº 013/2017 que institui no Calendário Municipal de Camaçari o “Dia da Luta Contra Endometriose”, o Projeto de Lei Nº 014/2017 que Institui no Calendário Municipal de Camaçari a “Semana Municipal de Saúde da Feirante” e o Projeto de Lei Nº 048/2017 que institui no Calendário Municipal de Camaçari a “Semana Municipal de Educação sobre Parto Humanizado”.

Por fim, a vereadora deixou uma mensagem para todas as mulheres. “Desejo a todas, não só no dia 8 de março, mas que todos os dias do ano sejam de conquista e realizações com saúde e muita paz”, falou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*