Nas redes sociais, prefeito de Camaçari reforça orientação à população: ‘Fiquem em Casa’

Foto: Reprodução / Instagram

Na tarde desta quarta-feira (25) o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM) reforçou a orientação de afastamento social, recomendada pelas organizações de saúde.

No Instagram, o gestor municipal publicou um vídeo em que aparecem profissionais de saúde e da segurança, recomendando que as pessoas ‘fiquem em casa’ nesse momento em que a cidade, o Brasil, e diversos países no mundo se mobilizam em combater a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Em Camaçari, até às 17 horas de ontem (24), foram descartados 23 casos da Covid-19, 21 seguem em análise laboratorial e 1 foi confirmado.

View this post on Instagram

💙

A post shared by Elinaldo Araújo (@elinaldooficial) on

Decreto Municipal

Na segunda-feira (23) entrou em vigor o decreto municipal que tem o objetivo de conter a propagação do novo coronavírus no município.

Entre as medidas adotadas, a Prefeitura de Camaçari determinou que, enquanto perdurar a Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), pela Organização Mundial da Saúde (OMS), estão suspensos: o funcionamento do comércio local (incluindo shoppings, restaurantes, bares, centros comerciais, e demais estabelecimentos);  todas as praias da Costa de Camaçari ficam interditadas (barracas de praia e demais atividades também não irão funcionar); as agências bancárias e lotérias devem limitar o seu funcionamento presencial apenas para os serviços considerados essenciais, adotando todas as medidas de orientação e organização de seus clientes.

Estabelecimentos excluídos da medida de suspensão:

Produção, distribuição e comercialização de medicamentos; produtos de higiene e alimentos; assistência médica e hospitalar; tratamento e abastecimento de água; geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; coleta e tratamento de lixo e esgoto; serviços de segurança privada; imprensa; seviços de telecomunicação; processamento de dados ligados à serviços essenciais; serviços de manutenção de elevadores e outros equipamentos essenciais; clínicas veterinárias em regime de emergência e para vendas de rações e medicamentos; serviços funerários; serviços de higienização e lavanderias; serviços de comercialização de gêneros alimentícios quando prestados por meio da entrega de comida em casa (delivery); postos de combustíveis e lojas de conveniências,(que devem permanecer sempre ventiladas).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*