Neto determina que empresas de serviços essenciais disponibilizem máscaras aos seus trabalhadores

Foto: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira (9) o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), informou uma nova medida adotada na capital baiana: todos os mercados, empresas de obras públicas e particulares, empresas da limpeza urbana e postos de combustível terão que disponibilizar máscaras de proteção para os seus respectivos funcionários.

“Vocês ‘tão’ acompanhando que a prefeitura vem adotando um conjunto de medidas, sempre com o objetivo de evitar a disseminação do coronavírus em nossa cidade, procurando conter a multiplicação desse vírus. É nesse sentido que, nós estamos determinando agora, que todos os mercados para funcionarem em Salvador eles vão ter que disponibilizar as máscaras para os seus funcionários, todos eles, invariavelmente, todos serão fiscalizados e acompanhados pela prefeitura”, disse o gestor baiano.

“Da mesma forma, nós estamos determinando que as obras em curso, sejam elas obras públicas ou particulares, disponibilizem para os trabalhadores as máscaras. Caso não façam, nós vamos suspender essas obras”, disse.”Também estamos determinando que os frentistas, que trabalham em postos de combustível, passem a ter a obrigação da utilização das máscaras”, acrescentou.

Caso ocorra descumprimento da medida, as atividades serão suspensas. Neto disse ainda que os setores citados terão o prazo de uma semana para se adequarem a nova realidade. Com isso, a determinação entra em vigor na próxima quinta-feira (16).

“Como nós sabemos que todos esses setores precisam se preparar, e aqueles que ainda não adquiriram vão ter que adquirir as máscaras, nós vamos dar o prazo de uma semana para validade dessas medidas”, findou.

Assista abaixo o vídeo em que Neto explica as novas determinações da Prefeitura de Salvador:

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*