Depois de os comerciários conseguirem, por meio de uma decisão judicial, o direito à folga nesta segunda-feira (21) devido ao Dia dos Comerciários, uma nova liminar obtida pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sindilojas), que representa os patrões, permite a abertura das lojas na data.

A decisão da desembargadora do Trabalho Margareth Rodrigues Costa, do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, foi expedida neste sábado (19) e cancela o feriado. A folga permanece, no entanto, para os trabalhadores do setor de supermercados e de lojas que fizeram os acordos coletivos com os patrões.

Na última sexta-feira (18), uma liminar proibiu o funcionamento dos associados à Fecomércio-BA e do Sindilojas, sob pena de multas de R$ 500 mil e de R$ 2 mil por cada funcionário que fosse obrigado a trabalhar no dia 21 de outubro.

0 0 voto
Article Rating