Novos frigoríficos brasileiros são habilitados pela Arábia Saudita

Foto: Reprodução / Agência Brasil

Oito novos estabelecimentos foram liberados pela Saudi Food and Drug Authority (SFDA, autoridade sanitária da Arábia Saudita) para realização de exportação de carne bovina brasileira e seus produtos.

A negociação da abertura de mercado foi feita em setembro, durante uma visita da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, ao país.

Foram habilitados os seguintes estabelecimentos: Frigorífico Fortefrigo (em Paragominas, no estado do Pará); Frigorífico Better Beef (em Rancharia, São Paulo); Rio Grande Comércio de Carnes Ltda (em Imperatriz, Maranhão); Plena Alimentos (em Pará de Minas, Minas Gerais); Indústria e Comércio de Alimentos Supremo (em Ibirité, Minas Gerais); Frigol (São Félix do Xingu, Pará); Maxi Beef Alimentos do Brasil (Carlos Chagas, Minas Gerais); e Distriboi – Indústria, Comércio e Transporte de Carne Bovina (Ji-Paraná, Rondônia).

Nas redes sociais o presidente Jair Bolsonaro comemorou a notícia. Em sua conta pessoal do Twitter ele escreveu: “Após China anunciar habilitação da exportação de nosso miúdo suíno, a Arábia Saudita faz o mesmo com 8 estabelecimentos do Brasil com a carne bovina. Geração de emprego e produção. Trabalho da Ministra da Agricultura Tereza Cristina em nossa viagem ao Oriente Médio e Ásia. Grande Dia!”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*