‘Operação Spoofing’: Jornalista Glenn Greenwald e mais 6 pessoas são denunciadas pelo MPF

Foto: Reprodução / Adriano Machado - Reuters

Nesta terça-feira (21), o jornalista Glenn Greenwald e mais seis pessoas foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) em Brasília por crimes relacionados à invasão de celulares de autoridades brasileiras no âmbito da Operação Spoofing. Segundo informações do UOL, o jornalista é acusado de organização criminosa e lavagem de dinheiro, além de interceptações telefônicas engendradas pelos investigados.

Para o MPF, apesar de Glenn não ser investigado nem indiciado, ficou constatado que ele ajudou e orientou o grupo durante todo o período das invasões.

A denúncia, assinada pelo procurador da República Wellington Divino de Oliveira, diz ainda que o grupo praticava crimes cibernéticos por meio de três frentes: fraudes bancárias, invasão de dispositivos informáticos, a exemplo de celulares, e lavagem de dinheiro.

Os crimes de fraudes bancárias são apenas citados na denúncia, sem maiores explicações. No entanto, uma nova ação penal deverá ser apresentada em breve para tratar desses crimes, conforme informou o MPF.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*