‘Os pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia’, diz vice-presidente ao minimizar que a Amazônia ‘está segura’

Foto: Reprodução / Adnilton Farias - VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) decidiu utilizar as redes sociais para se pronunciar sobre a situação da Amazônia, que sofre com o aumento das queimadas há mais de duas semanas. Segundo Mourão, não há motivos para temor.

Em sua conta no Twitter, na noite de ontem (22), o general escreveu: “A Amazônia brasileira está segura! Lá morei e sei que incêndios são episódicos em período de seca”.

O vice-presidente brasileiro também não concorda com o caráter de crise internacional dado ao caso.

“Transformá-los em crise, esquecendo as tragédias que o fogo causou nos EUA e Europa, é má-fé de quem não sabe que os pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia”, pontuou.

Reprodução / Twitter

Um estudo recente do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) afirma que houve um aumento de mais de 80% no número de incêndios florestais do Brasil em relação a 2018, sendo a Amazônia o bioma mais afetado.

As ocorrências mobilizaram políticos, personalidades e membros da sociedade civil brasileira, mas também do exterior, a exemplo do presidente da França, Emamnuel Macron. Ainda ontem, ele pediu que os líderes dos países que compõem o G7, grupo composto pelas economias mais avançadas do mundo, discutam o tema com urgência.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*