Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Fluminense

Será a terceira passagem do treinador pelo clube

Após demitir Fernando Diniz, o Fluminense acertou com o técnico Oswaldo de Oliveira. Antes o clube carioca tentou  Abel Braga e Dorival Júnior, mas recusaram.

Oswaldo de Oliveira já viaja nesta quarta-feira para São Paulo, local da partida contra o Corinthians, pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa Sul-Americana, que acontece na quinta-feira, na Arena Corinthians. No entanto, o auxiliar Marcão é quem vai comandar o time à beira do campo.

O treinador será apresentado oficialmente na próxima segunda-feira. Com ele, chegam os auxiliares Luiz Alberto da Silva e Sidney Morais, dando início a sua terceira passagem pelo Tricolor. Em julho de 2001, Oswaldo de Oliveira foi contratado. No mesmo ano, levou o time até a semifinal do Campeonato Brasileiro, sendo eliminado pelo Athletico-PR, que terminou com o título. Foi demitido em abril de 2002, após comandar o Fluminense em 55 partidas, somando 28 vitórias, 14 empates, 13 derrotas, aproveitamento de 59,4%. O time marcou 99 gols e sofreu 65.

Cinco anos depois, em abril de 2006, Oswaldo de Oliveira voltou ao Tricolor, porém não repetiu o mesmo desempenho e acabou saindo quatro meses depois, em agosto. Ao todo, dirigiu a equipe em 22 jogos, com dez vitórias, sete empates e cinco derrotas, tendo 56% de aproveitamento. Nesta passagem, o Fluminense fez 37 gols e levou 29.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*