Em 2020, o Dia dos Namorados (celebrado em 12 de junho no Brasil) terá desempenho negativo nas vendas, conforme apontou o levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA).

De acordo com a Fecomércio, o varejo deve faturar 29% a menos do que o mesmo período de 2019. O consultor econômico da Federação, Guilherme Dietze, também salientou que a previsão é de um faturamento de aproximadamente R$ 1,12 bilhão em setores como vestuário, eletroeletrônicos, farmácias e perfumarias, além dos supermercados.

No entanto, este valor estimado por Dietze é 29% inferior ao visto no ano passado. Com isso, a perda é calculada em cerca de R$ 450 milhões no período.

Guilherme ainda lembrou que as possíveis razões para o desempenho ruim nas vendas deste ano, circulam em torno da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ele exemplifica salientando que lojas fechadas resulta no aumento do desemprego e consequente redução da renda. Outro fator é a priorização dos gastos essenciais e acesso ao crédito de forma mais restrita.

Por fim, Dietze faz uma ressalva. Ele enxerga no e-commerce uma boa alternativa neste momento de restrição das lojas físicas. Os aplicativos de entrega também são listados. Porém, mesmo com essa possibilidade, para ele, isso não será suficiente na tentativa de “contrabalancear a perda do comércio em geral”.

0 0 voto
Article Rating