Para jogadores do Vitória, preferência para mandar jogos é sempre o Barradão

Jogadores do Vitória preferem jogar no Barradão, mas aceitam mudança para a Arena Fonte Nova. Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória

Assim como os torcedores, que preferem os jogos no Barradão, os jogadores do Vitória também compactuam com este pensamento, onde gostam de atuar no Estádio Manoel Barradas. Neste domingo, o Vitória irá enfrentar o Corinthians, na Arena Fonte Nova, campo que tem as dimensões e gramado semelhantes ao da Arena Itaquera.

Em entrevistas concedidas durante a semana, o meia David, o zagueiro Alan Costa e o goleiro Fernando Miguel reforçaram o côro por jogos no Barradão, mas afirmaram que o Corinthians não terá vantagem jogando na .

Segundo David, a Arena Fonte Nova já é um estádio que o Vitória se sente em casa. “Queríamos jogar em nossa casa, onde nos sentimos a vontade, mas jogamos várias vezes na Fonte Nova e não seria novidade jogar lá”, disse.

O zagueiro Alan Costa diz que a preferência é o Barradão, mas por conta da mudança forçada devido a obras, o objetivo é conquistar o triunfo na Fonte Nova. “Eu particularmente gosto de jogar no Barradão, que é nosss casa, mas nós temos que procurar obedecer onde vai ser o jogo. Tem que chegar lá e procurar fazer nosso objetivo”, comentou.

Já o goleiro Fernando Miguel ignora o fato do jogo ser na Fonte Nova, e pede apoio do torcedor. “Arena Fonte Nova é um estádio que a gente conhece bastante. Não muda muito. Claro que gostaríamos de estar em nossa casa, no Barradão, mas vamos procurar fazer nosso jogo e buscar a vitória. Contamos com a presença do torcedor para nos apoiar do início ao fim da partida”, afirmou.

O capitão Willian Farias criticou o fato de ter que jogar as duas primeiras partidas do Vitória em casa na Arena Fonte Nova. “A gente treina aqui, jogou o campeonato todo aqui. A minha preferência é sempre jogar no Barradão”, citou.

Será o quarto jogo do Vitória na Arena Fonte Nova em 2017. Todas as partidas no local foram disputados contra o Bahia, e o rubro-negro tem um triunfo (pelo Campeonato Baiano), um empate (pela final do Campeonato Baiano) e uma derrota (pela semifinal da Copa do Nordeste).

Leia também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*