Paulo Carneiro rebate críticas da torcida: “O torcedor entende pouco e torce muito”O torcedor entende pouco e torce muito… por isso que é torcedor”

O mandatário mostrou otimismo com a chegada de Geninho

O Vitória apresentou na tarde desta sexta-feira (20), seu quinto treinador na temporada e o terceiro da era Paulo Carneiro. Depois de tentativas sem sucesso com Osmar Loss, 44 anos, e Carlos Amadeu, 54 anos, o presidente do rubro-negro, decidiu buscar um treinador mais experiente no mercado e acertou com Geninho, de 71 anos, para comandar o Vitória. O primeiro desafio do novo treinador é afastar o clube da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Trago um velho conhecido e profissional vencedor do mercado do futebol, tão difícil, onde nem sempre o trabalho é reconhecido, porque as pessoas têm muita pressa de resultado e não deixam as pessoas trabalharem. O resultado na frente do processo. O esporte, como qualquer atividade de trabalho, tem um processo. E, no futebol, o processo perde a continuidade quando os resultados não aparecem, infelizmente”, disse Paulo Carneiro.

Apesar da mudança no comando do time, o presidente do Vitória afirma que a comissão técnica foi mantida e mostrou otimismo na recuperação da equipe.

“Grande desafio do Vitória nessa crise financeira que encontramos no clube é manter o programa esportivo que ele tem, que está sendo implantando por nós. Foi projetado por nós antes de chegarmos aqui e estamos, gradualmente, implantando aqui, principalmente a partir da sua formação. É o caminho do Vitória. Então eu agradeço muito a Geninho pela sua disponibilidade, porque a comissão técnica toda foi mantida. Toda. Essa é a forma de um grande profissional: usar a estrutura do clube a seu dispor. Aí ele vai implantar as suas ideias. Nada mais importante do que isso. Aqui temos nosso preparador de goleiros, nosso assistente, que também é coordenador técnico da formação; nosso preparador físico; nosso fisiologista; toda a estrutura que foi implantada a partir da nossa chegada, porque não existia, está à disposição do comandante, que é o principal personagem de um clube de futebol. Todos nós, a partir do seu presidente, trabalhamos para colocar o treinador na melhor condição operacional possível. Esse é o trabalho. Treinador é a figura mais importante do clube. E é assim que o Vitória profissional tem pensado”.

O mandatário mostrou otimismo com a chegada de Geninho. “Os resultados vão acabar chegando. Nada resiste ao trabalho. Portanto, trago aqui um profissional do futebol, um exemplo de homem, um vencedor, sem tirar o mérito daqueles que estavam no processo, que vem desde [Cláudio] Tencati. Todos têm sua contribuição. Por isso, quando cheguei aqui, mantive o treinador. Porque é mais fácil tirar o treinador e jogar a responsabilidade em cima dele. Não é o meu caso. Todas essas pessoas estão integradas no processo. Às vezes, você tem que mudar, e é isso que fizemos agora. Portanto, Geninho está à disposição de vocês”, continua Paulo Carneiro.

Paulo Carneiro aproveitou para rebater as críticas da torcida e deu alfinetada.

“O torcedor entende pouco e torce muito… por isso que é torcedor. Mas como torce muito, se acha no direito de dar opinião. A gente dirige um clube de massa. Tem que tentar ver o pensamento da maioria. A maioria nunca é burra. Pensei nisso. Um treinador que preenchesse todas as coisas”.

7 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*