Pediatra está entre os presos durante operação contra pedofilia em Salvador

Conforme o Ministério da Justiça, 108 pessoas foram presas em flagrante até as 14h30, no país.

(Foto: Maiana Belo/G1BA)

Um médico pediatra está entre os oito presos em Salvador, durante a operação “Luz na Infância”, realizada nesta sexta-feira, 20, em combate à pedofilia.

A operação foi deflagrada na Bahia, Distrito Federal e outros 23 estados. As informações foram divulgadas durante coletiva da Polícia Civil nesta sexta-feira (20), na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente de Salvador (Derca), na capital baiana.

Apreensões também foram feitas nas casas dos presos e no computador de um deles, a polícia encontrou um vídeo que registrou o abuso sexual de um bebê de seis meses. Conforme o Ministério da Justiça, 108 pessoas foram presas em flagrante até as 14h30, no país.

Nas residências dos oito presos foram encontrados computadores, pendrives, CDs, DVDs e diversos equipamentos de armazenamento de dados. Além do médico, um aposentado, um auxiliar administrativo, um estudante de engenharia química, um técnico em informática e outros dois homens cuja profissão não foi revelada também foram presos.

Ainda de acordo com a polícia, os homens com idades entre 30 e 79 anos não se conheciam e nem possuem antecedentes criminas. Foram levados para a delegacia: David Gomes Passos, 29 anos, residente em pediatria e localizado no Stiep; Antônio Cláudio Silva Conceição, 46, auxiliar administrativo, preso no Chame-Chame; Thomaz Ferreira Silva Lopes, 22, estudante de engenharia, preso na Pituba; Ednilton Dias, 67, aposentado, preso no Barbalho; Roberval Santos Batista, 41, preso na Barroquinha; Gustavo Oliveira Ferreira, 33, técnico de informática, preso no Caminho de Areia; Robson Coy Rabello, 56, localizado em Coutos; e Jesuíno Marcondes Machado, 79, preso na Pituba.

10 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*