Uma mortandade de peixes e uma fedentina na Lagoa CCC, em Candeias, fez com que a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura encaminhasse, nesta quarta-feira (8), um relatório para o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O objetivo é comprovar uma possível prática de crime ambiental no local.

A Semaa também inspecionou o local, entrevistou moradores, fez registros fotográficos e recolheu amostras da área contaminada.

Segundo a secretaria, uma denúncia anônima de um morador foi feita na segunda-feira, dia 6, relatando que um tanque industrial foi lavado na Lagoa da CCC no último sábado (4), mas o morador não soube identificar de qual empresa seria o veículo.

Ainda de acordo com o órgão, o morador informou que no dia seguinte uma grande quantidade de peixes foi encontrada morta, além de um forte mau cheiro e uma espuma branca.

Muitos peixes aparecem mortos à beira da lagoa
Muitos peixes aparecem mortos à beira da lagoa

Com isso, a SEMAA adotou medidas para identificar o que motivou o aparecimento dos peixes, do fedor e da espuma na lagoa. “Fizemos uma avaliação inicial e colhemos todas as informações para incluirmos no relatório”, informou a sub-secretária municipal de Meio Ambiente, Rosângela Salomão.

A geóloga da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Nelize Lima, também contou que as amostras coletadas da água passarão por análise laboratorial para verificação dos contaminantes e para permitir que a Semaa tome as medidas cabíveis. “A partir da análise das amostras juntamente com o relatório que enviaremos ao Inema poderemos chegar a uma conclusão o que de fato ocorreu e o que iremos fazer”, disse.

Ainda não suspeitas de quem teria praticado o possível crime ambiental.

0 0 voto
Article Rating