Pode isso? Árbitro de vídeo marca pênalti durante o intervalo; Entenda o caso

A penalidade foi marcado por um toque de mão

Em uma partida do Campeonato Alemão, entre Mainz 05 e Freiburg, teve um lance no mínimo polémico. Os atletas das duas equipes já estavam nos vestiários para o intervalo, quando  receberam ordens para voltar ao campo, porque o árbitro de vídeo marcou um pênalti por um toque de mão,durante o primeiro tempo

O árbitro Guido Winkmann, que também seguia para o túnel antes de o árbitro de vídeo intervir, ordenou que jogadores voltassem para que Pablo De Blasis, do Mainz, pudesse bater e marcar o pênalti.

O pênalti foi marcado por um toque de mão de Marc-Oliver Kempf que o árbitro de vídeo notou após a apito sinalizando o fim do primeiro tempo.

O técnico do Freiburg, Christian Streich, que foi recentemente expulso por reclamação em uma partida da liga, estava na lateral do campo sorrindo e balançando a cabeça, sem acreditar após ser informado para levar seus jogadores de volta ao campo.

Houve um atraso de mais 10 minutos antes do começo do segundo tempo, com torcedores atirando centenas de rolos de papel higiênico no campo, em protesto contra partidas nas noites de segunda-feira.

Muitos torcedores alemães se opuseram à introdução de partidas na segunda-feira, dizendo que devem ser jogadas nos fins de semana, quando muitos torcedores podem comparecer. Protestos aconteceram durante a maioria dos jogos desta segunda-feira.

De Blasis acrescentou um segundo gol para o time da casa no final do jogo, após um erro do goleiro do Freiburg, Alexander Schwolow.

O Mainz subiu para 15º por saldo de gols, acima do Freiburg, que caiu para 16º.

A tecnologia do árbitro de vídeo tem sido usada na Liga Alemã nesta temporada, mas com diversas controvérsias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*