Poesia e música marcam a assinatura do convênio com fanfarras municipais de Camaçari

O projeto vai beneficiar 38 escolas da cidade de Camaçari.

Foto: Marianne Sena

Caixa, tarol, surdo, corneta, prato, lira e demais instrumentos tomaram o Foyer do Teatro Cidade do Saber nesta sexta-feira (19). O cenário foi contagiado pelas fanfarras e sua energia musical que com, leveza e propriedade, espalharam poesia em forma de canção.

Tudo isso para celebrar a assinatura do convênio, realizada pelo prefeito Elinaldo Araújo, com as fanfarras municipais, garantindo assim, o fortalecimento das ações educacionais do município de Camaçari, além de empregar novos horizontes ao Programa “Mais Música na Escola”, que trará para a sala de aula dentre tantos benefícios, o crescimento da autoestima e confiança, bem como a valorização do trabalho em equipe e do convívio social.

No Brasil, a lei de n° 11.769, que alterou a Lei de n° 9.394, é responsável por controlar a obrigatoriedade do ensino de música na educação básica.

Em outubro de 2018 o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime), Aléssio Costa, disse que a lei não é cumprida pela maioria do país, mas não por falta de gestão e sim, por condições estruturais. Questionado, o gestor de Camaçari disse que “concorda em partes” com a colocação do presidente da Undime e que, no caso de Camaçari, “essa conquista foi consolidada hoje, constatando um grande passo para as muitas mudanças que ainda virão”, pontuou.

O prefeito ainda complementou que a implantação da música nas escolas é “um sonho antigo e para que fosse possível foi preciso antes arrumar a casa”, salientou.

Ao todo, o programa vai beneficiar cerca de 38 escolas da cidade e será dividido em duas frentes. A primeira promoverá a inserção da música no dia a dia das escolas, através da formação musical trazendo a prática musical com concentrações em composições técnicas interpretativas, pesquisas e investigações.

Já a segunda frente vai tratar a expansão do trabalho desenvolvido com os estudantes para a comunidade promovendo apresentações de bandas e fanfarras e outros grupos musicais nas escolas e em diversas partes da cidade, com participação da população.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*