Polícia Militar ganha primeira tenente-coronel da história

Fernanda Dantas é fonte de inspiração para as oficiais que sonham chegar ao topo da carreira militar.

Foto: Jorge Cordeiro/SSP-BA

Integrante da primeira turma de mulheres oficiais da Polícia Militar, a médica Fernanda Dantas, 54 anos, é também a primeira mulher a alcançar a patente de tenente-coronel da Polícia Militar da Bahia. Especialista em pediatria, bacharela em Direito e mestranda em Administração Pública, ela é fonte de inspiração para as oficiais que sonham chegar ao topo da carreira militar.

Hoje se divide entre as funções realizadas no Departamento de Saúde da PM, na Vila Militar do Bonfim, onde é lotada, e no Setor Médico do Centro de Operações e Inteligência-2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia, ambos em Salvador. Seja em um local de trabalho ou no outro, o reconhecimento e o orgulho das colegas de farda são os mesmos.

Doutora Ana Fernanda, como é chamada, entrou para a história da PM. Ela é a maior autoridade feminina da corporação. “Nem me dei conta sobre quanto isso é representativo, até o dia da solenidade de ascensão. Quando olhei ao meu redor e vi que era só eu de mulher, a ficha caiu”, lembra com satisfação.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*