Polícia prende pescador suspeito de estuprar turista em praia de Maraú

Turista foi violentada no domingo, na Praia da Ponta do Mutá.

A polícia prendeu na noite desta segunda-feira, 11, um homem suspeito de estuprar e agredir uma turista de Brasília enquanto ela passeava por uma praia de Maraú, na região do sul do estado.

Segundo informações do G1, o suspeito de 25 anos, trabalha como pescador na Praia da Ponta do Mutá, local onde o crime ocorreu. Conforme a polícia, ele já havia sido detido em 2014, por suspeita de ter importunado sexualmente uma mulher, mas foi liberado por falta de provas.

Após a prisão dele, na noite de segunda, a polícia apresentou várias fotos de suspeitos para a vítima, que reconheceu o homem. Ainda de acordo com informações da delegacia de Maraú, a vítima chegou a passar mal ao se deparar com o criminoso.

A Polícia Civil vai solicitar exame de comparação genética do liquido seminal encontrado nas vestes da vítima, e no próprio exame de corpo delito, com o perfil genético do autor.

Caso
De acordo com a polícia, a turista, que tem 34 anos, foi violentada no domingo (10), na Praia da Ponta do Mutá. A mulher prestou depoimento no mesmo dia, na Delegacia de Turismo de Ilhéus, e foi submetida a exame.

A vítima, conforme a polícia, tentou se livrar do criminoso após ser atacada, mas foi agredida com socos e chutes, antes de ser violentada sexualmente. O suspeito será levado para o presidio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*