Na quinta-feira (5), o corpo de uma criança foi encontrado na zona rural de Palmeiras, cidade da Chapada Diamantina, na Bahia. A Polícia Civil da região suspeita que trata-se do garotinho Bernardo da Silva Marques Osório, de 1 ano e 11 meses. A criança foi assassinada pelo pai, Paulo Roberto de Caldas Osório, no Distrito Federal.

Segundo informações da Polícia Civil, o corpo do menino foi localizado com roupa e um cordãozinho de âmbar no pescoço, características destacada pela família à polícia. Junto do garotinho, foi encontrada também uma cadeirinha para transporte de crianças utilizada em carros.

No entanto, apesar das evidências, a polícia sinaliza que só pode confirmar que trata-se de Bernardo da Silva quando ele passar por exame de DNA para identificação. O corpo será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itaberaba, na região, para a realização dos exames de identificação.

O pai da criança é funcionário do Metrô do Distrito Federal e confessou ter matado o filho. N depoimento prestado à Polícia Civil, o homem disse que jogou corpo da criança em uma área de matagal à beira de uma rodovia.

Paulo Roberto foi preso na madrugada da segunda-feira (2), em um hotel na cidade Alagoinhas, na Bahia. Ele contou aos policiais que buscou o filho na creche, na Asa Sul, na sexta-feira (29) e em seguida dopou a criança com medicamentos.

0 0 voto
Article Rating