Polícias capturam 18 criminosos nos circuitos oficiais da folia

Além dos flagrantes, 740 suspeitos acabaram conduzidos aos postos por uso de drogas e entre outros casos.

Foto: Divulgação

O trabalho das polícias Militar e Civil resultou na retirada de 18 criminosos dos circuitos oficiais do Carnaval de Salvador, nos dois primeiros dias de evento. Nenhuma ocorrência grave contra a vida (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte) foi registrado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), entre os autores de delitos capturados estão envolvidos com comércio de entorpecentes, roubos, furtos e brigas. Além dos flagrantes, 740 suspeitos acabaram conduzidos aos postos por uso de drogas, princípios de desentendimentos, entre outros casos.

Nas primeiras 48h de festa aconteceram ainda 23 casos de lesões leves, número 34,3% menor do que o contabilizado em 2019, quando foram computados 35 casos.

No acumulado da quinta e sexta, o índice de roubos (com uso de violência) permanece com diminuição. Foram 35 casos este ano, contra 41 registrados na folia de 2019. Em números percentuais significa redução de 14,6%.

Fechando os dados, a polícia contabilizou 268 furtos (sem uso de violência) e as apreensões de três facas e um canivete.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*