Por reagir a caso de racismo, Taison é punido pela Associação Ucraniana

O ex-jogador do Internacional foi suspenso por um jogo

A Associação Ucraniana de Futebol puniu o atacante Taison por reagir mostrando o dedo do meio e chutando a bola em direção à torcida adversária após sofrer racismo. O ex-jogador do Internacional foi suspenso por um jogo.

Já o Dínamo de Kiev, clube dos torcedores que cometeram racismo, terá que jogar uma partida com portões fechados e pagar uma multa de 500 mil Grívnia (equivalente a R$ 87.160,38), segundo o GloboEsporte.com.

Após a punição, a Associação Internacional de Jogadores, conhecida como Fifpro, se manifestou no Twitter e reclamou da decisão da entidade ucraniana.

“Estamos muito decepcionados com a decisão da Associação Ucraniana de Futebol de punir Taison com um jogo. Sancionar uma vítima de racismo vai além da compreensão e joga a favor daqueles que promovem esse comportamento vergonhoso”, postou.

 

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*