‘Precisam ainda mais da nossa atenção’, diz Neto ao falar de medidas para pessoas em situação de rua

Foto: Reprodução / Instagram
Na manhã desta quarta-feira (25) o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), utilizou as redes sociais para falar sobre as medidas que estão sendo adotadas para proteger as pessoas em situação de rua na capital baiana contra o novo coronavírus (Covid-19).
Segundo Neto, ele não vai “medir esforços para garantir novos abrigos, acompanhamento social, assistência à saúde, alimentação e apoio ao movimento População de Rua”.
Ademais, o gestor baiano informou que, além de aproximadamente 500 vagas de acolhimento, a prefeitura está fazendo a entrega de produtos de proteção individual (máscaras, luvas e utensílios de higiene) para essas pessoas.
“Não dá pra descuidar um minuto sequer. O coronavírus pega rico, pega pobre, pega branco, pega negro, pega homem, pega mulher, pega qualquer um. Existe um problema na saúde pública, mas existe um problema também  no social, nas pessoas mais pobres. Sobretudo, para as pessoas que não têm como se proteger. Nós vínhamos executando políticas que, ao longo desse último ano, representaram investimento de 65 milhões de reais, com diversas ações voltadas para as pessoas em situação de rua. E que agora elas vão ter que se intensificar muito mais em função de todo quadro emergencial posto como desafio para a Prefeitura”, disse Neto.

1 Comentário

  1. eu acho um inzajero essas coisas sei que devemos nus preverni mas já está Dimas isso para de trabalhar de ir a escola para os ônibus ir outras coisas mais isso e um absurdo oq se for de ficar doente ater em casa nos ficamos devemos e ora ir ter fé

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*