Em nota encaminhada na tarde desta terça-feira (30), a prefeitura de Simões Filho informou que na quarta-feira (1°), será realizado um ato cívico em alusão a Independência da Bahia, comemorada anualmente no dia 2 de julho.

Segundo a gestão municipal, o ato contará com “transmissão em tempo real pela internet”, através das redes sociais oficiais da prefeitura (Instagram e Facebook), a partir das 09h. A medida acontece em cumprimento as determinações das autoridades de saúde, no que diz respeito a crise sanitária do novo coronavírus (Covid-19), com isso, o evento simbólico não será aberto ao público.

A prefeitura também ressaltou que o ato alusivo da quarta-feira terá fogo simbólico (símbolo da união entre os povos); na oportunidade, será acesa a pira municipal, as bandeiras serão hasteadas e os hinos da Bahia, bem como do Brasil, serão entoados.

No período da tarde, por volta das 16h, outra live será realizada, desta vez, com a participação do historiador Ademário Ribeiro, que fará um retrospecto histórico das lutas que marcaram a independência baiana, focando, inclusive, “na participação do município para a consolidação desta luta”, frisa a prefeitura.

“Tradicionalmente, antes de chegar à capital baiana para o ponto máximo das comemorações ao 2 de julho, o Fogo Simbólico passa pelas cidades-chave da Independência, saindo de Cachoeira, passando por Saubara e Santo Amaro (sendo estas três do recôncavo), depois pelas cidades metropolitanas São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho, chegando à capital baiana no dia 2 de julho”, destaca trecho da nota.

Pandemia

Por conta da pandemia provocada pela Covid-19, neste ano, excepcionalmente, o dia 2 de julho não será feriado.

Em maio, após determinação do Governo da Bahia, os feriados estaduais de São João (24 de junho) e 2 de julho (Independência da Bahia) foram antecipados para os dias 25 e 26 daquele mês, respectivamente. A medida foi uma das ações adotadas no enfrentamento da doença.

0 0 voto
Article Rating