Prefeitura quer instalar ponto eletrônico para inibir atrasos e faltas de servidores da Saúde em Camaçari

De acordo com o subsecretário Luiz Duplat, a recomendação de instalar ponto eletrônico veio do Ministério Público Estadual (MP-BA)

Um exemplo prático de como a manifestação popular diante de problemas que prejudicam a qualidade dos serviços públicos pode fazer a diferença: durante a transmissão do programa Bahia no Ar desta terça-feira (17), dona Vera, uma moradora do bairro Gravatá, cidade de Camaçari, denunciou, ao vivo, a atuação aquém de membros das equipes médicas das unidades públicas de saúde do município, que corriqueiramente chegam atrasados nos postos de trabalho e saem antes do horário devido.

“Tem médicos que chegam 10h e saem 14h. Isso não está certo”, declarou a denunciante. A resposta veio minutos depois, por intermédio da participação por telefone do subsecretário de Saúde, Luiz Duplat, revelando uma novidade que promete inibir efetivamente esse tipo de desvio, tão prejudicial ao atendimento público nos postos e unidades de saúde de Camaçari.

Após admitir que este tipo de prática realmente acontece, chegando a informar que não apenas entre os médicos mas com outros servidores públicos também, acrescentando que alguns já foram chamados para uma conversa e penalidades como corte no salário já foram adotadas algumas vezes, Duplat anunciou que a Prefeitura de Camaçari tem a intenção de implantar o registro de ponto eletrônico nos postos de trabalho dos servidores da Secretaria de Saúde (Sesau).

“O Ministério Público fez a recomendação de implantar ponto eletrônico nos postos de trabalho de todos os servidores da Saúde. Essa implantação vai acontecer através da Secretaria de Administração, e eu creio que não seja apenas para os servidores da Sesau, mas das outras secretarias também”, observou Duplat.

Com o maior controle da frequência e da permanência dos servidores públicos em seus postos de trabalho, a Prefeitura espera garantir a oferta de um serviço de maior qualidade para a população, inclusive reduzindo o tempo de espera e a quantidade de atendimentos por dia.

3 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*