Pregador de igreja evangélica é preso por manter esposa de 18 anos em cárcere privado

Suspeito atuava como pregador itinerante nas igrejas da região e levava a esposa para cantar nos cultos.

Um  homem de 34 anos, identificado como Leones Pereira de Jesus, foi preso na cidade de Eunápolis, por suspeita de manter a esposa de 18 anos, em cárcere privado.

A prisão foi efetuada nesta quinta-feira, 05, no povoado de Colônia, após a mãe da jovem procurar a polícia para denunciar o fato.A jovem identificada como Yaine de Jesus Texeira conseguiu enviar uma mensagem para a mãe com o relato das ameaças e violências que vinha sofrendo. Os dois estavam casados há dois meses.

A vítima relatou para a polícia, que o marido tinha ciúme e não deixava que ela saísse de casa, o que configura cárcere privado. Uma viatura da PM foi enviada à casa onde os dois moravam. A guarnição confirmou que Yaine era impedida de sair de casa. Leones foi levado a delegacia, onde foi preso em flagrante.

De acordo com o site Radar 64, mesmo não sendo pastor, o suspeito atuava como pregador itinerante nas igrejas da região e levava a esposa para cantar nos cultos.

17 Comentário

  1. Só gostaria de saber quem mantem as internet desses petistas, já que não trabalham e a mamata “acabou”!
    Há, desculpem, esqueci de que na Bahia as “mamatas ainda não foram extintas”!
    Será que além da Mortadela e dos 20 reaus, rola a ajudinha para a net?

  2. Não sou eleitora do Bolsonaro, congrego na igreja evangélica e leio a bíblia e sei que cada individual é dono de suas escolhas tem gente ruim em todo lugar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*