Presidente do Flamengo afirma que vai contribuir com as autoridades e confirma auxílio aos familiares das vítimas

" A maior tragédia que esse clube passou em 123 anos de sua história", afirmou o mandatário

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, concedeu entrevista coletiva sobre a tragédia que abalou o CT do Flamnego. O mandatário classificou o incêndio ocorrido nesta sexta-feira (8) no Ninho do Urubu, como a maior tragédia da história do clube. Dez pessoas morreram e outras três ficaram feridas —uma delas em estado grave. 

“Estamos todos consternados. Essa é, certamente, a maior tragédia que esse clube passou em 123 anos de sua história, com a perda dessas 10 pessoas”, afirmou.

“O mais importante agora é a gente tentar minimizar o sofrimento e a dor dessas famílias. Vocês podem estar certos que o Flamengo está cuidando disso e não irá poupar esforços. Estamos colaborando com as autoridades para que as causas desse incêndio sejam apuradas.” “Por fim, queria dizer que todos no clube estamos de luto. É uma tristeza enorme”, disse.

Segundo informações iniciais, entre as vítimas estão funcionários do clube e jogadores das categorias de base.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o incêndio às 5h17. O fogo atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. As chamas foram controladas às 6h.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*