Presidentes de Bahia e Vitória elogiam Projeto de Qualificação de Gestores de Ligas de Futebol

Cursos tem como principal objetivo profissionalizar os dirigentes das ligas e clubes profissionais e amadores do estado

A Federação Bahiana de Futebol e o Governo do Estado da Bahia lançaram na última segunda, 12, o Projeto de Qualificação de Gestores de Ligas de Futebol, que tem como principal objetivo profissionalizar o futebol baiano, capacitando todos os responsáveis pelas agremiações desportivas do cenário esportivo estadual.

Presentes no evento de lançamento do Projeto, que aconteceu na Arena Fonte Nova, os presidentes de Bahia e Vitória enalteceram a iniciativa, afirmando que será de extrema importância para o desenvolvimento do futebol local.

“A qualificação é sempre positiva. A gente sabe que para o Bahia e o Vitória crescerem, a expectativa é que essas parcerias fortaleçam ainda mais a qualificação de clubes e das ligas e façam com que eles descubram como buscar parceiros de captar talentos para que o nosso futebol baiano fortaleça”, disse Marcelo Sant’Ana, presidente do Bahia.

“Sem sombra de dúvidas o futebol só vai se desenvolver quando a gente fixar a educação para todos os envolvidos nesse ambiente. O interior é a maior semeadura de jogadores e juízes de futebol, então temos que apoiar sempre esse projeto”, destacou Ivã de Almeida, presidente do Vitória.

O projeto contará com cursos que serão oferecidos aos dirigentes das Ligas Desportivas e também para gestores profissionais. O objetivo é alcançar os desportistas de todas as 417 cidades da Bahia.

Sempre destaque do interior, a Juazeirense também esteve representada pelo presidente Roberto Carlos, que elogiou o projeto. “Gostaria de parabenizar o Governador pela sensibilidade de enxergar que o esporte é uma ferramenta para diminuir a violência no nosso país. O Governador tem dado respaldo ao futebol do interior e pode ter certeza que teremos uma qualidade ainda melhor. Eu, particularmente, vou fazer o curso para me aperfeiçoar mais”, disse.

De acordo com a programação, as cidades das regiões de Piemonte Norte do Itapicuru, Sisal, Itaparica Semiárido Nordeste II, Irecê, Chapada Diamantina e Piemonte do Paraguaçu, Litoral Sul, Sertão Produtivo, Recôncavo, Sudoeste Baiano, Litoral Norte e Agreste Baiano, Bacia do Rio Corrente, Portal do Sertão e Bacia do Jacuípe, Extremo Sul, Baixo Sul, Médio Rio de Contas, Bacia do Rio Grande e Velho Chico, Médio Sudoeste da Bahia, Bacia do Paramirim, Costa do Descobrimento, Piemonte da Diamantina, Vale do Jequiriçá e Sertão do São Francisco receberão os cursos, que será realizado até janeiro de 2018.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*