Projeto que pretendia isentar igrejas e templos religiosos de impostos é rejeitado

A rejeição foi pedida pelo relator na comissão, deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), por incompatibilidade e pela inadequação orçamentária e financeira

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 468/15, do deputado Professor Victório Galli (PSL-MT), que pretende isentar as igrejas evangélicas e católicas e os templos de qualquer culto da cobrança de impostos sobre contas de água, luz e telefone e sobre combustíveis.

A rejeição foi pedida pelo relator na comissão, deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), por incompatibilidade e pela inadequação orçamentária e financeira. Esse tipo de rejeição implica no arquivamento do projeto, mas cabe recurso ao Plenário da Câmara dos Deputados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*