Proposta de construção de Parque Municipal em Camaçari é apresentada durante consulta pública

O próximo passo é levar o debate para a Câmara de Vereadores

Em parceria com a Associação dos Moradores da Via Parque (AVP), a Prefeitura de Camaçari realizou uma consulta pública na manhã deste sábado (16), para apresentar uma nova proposta de implantação do Parque Municipal das Dunas de Abrantes. A iniciativa tem como objetivo ouvir a opinião dos moradores da região, bem como discutir alternativas para que o meio ambiente não seja degradado.

A Prefeitura tem fiscalizado a área com frequência, devido ao tráfego excessivo de veículos, abertura de vias no meio da mata, caça predatória, exploração da fauna e flora, ocupação desordenada e principalmente a retirada ilegal de areia.

“Várias caçambadas saem das dunas carregadas e seguem, em especial, para a capital. Isso tem causado preocupação, em função dos danos ambientais que esses atos irresponsáveis podem causar a natureza’’, denunciou a presidente da Associação dos Moradores da Via Parque (AVP), Ana Maria Mandim.

As dunas têm um papel fundamental para a qualidade do lençol freático na região, já que ela impede a penetração da cunha salina, atuando como uma espécie de barreira física da água do mar, nas camadas subterrâneas. ‘’Sou morador de Jauá há 50 anos e vejo diariamente que a própria população tem contribuído para devastar os nossos bens naturais, prova disso é o estado que se encontra a nossa lagoa. Acho essa iniciativa muito importante para orientar e ouvir o povo’’, disse.

Para o secretário de Turismo (Setur), Gilvan Souza, a implantação do Parque, além de preservar o meio ambiente, vai servir como fator de desenvolvimento e progresso da Costa. ‘’Esse momento é histórico, pois temos uma mesa permanente para tratar do assunto, com metas e foco. O governo municipal assumiu o compromisso de darmos condições de ordem econômica e operacional, para resolvermos essa questão’’, ressaltou.

O espaço será o primeiro parque ecológico do município. O próximo passo é levar o debate para a Câmara de Vereadores. “Hoje estamos ouvindo a população e depois vamos debater o tema na Casa Legislativa, através de uma audiência pública, pra que a proposta seja apreciada pelos parlamentares e o quanto antes se torne realidade’’, destacou o gestor da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Genival Seixas.

Durante o encontro, ambientalistas e engenheiros apresentaram as consequências negativas da ação do homem, além das alternativas para recuperar o que já foi degradado. Participaram da atividade vereadores, secretários municipais, líderes comunitários, historiadores e populares.

4 Comentário

  1. Ano de eleição está chegando,agora começa às mentiras,dos atuais governantes,projeto no morro da manteiga, para se fazer uma área de lazer,e agora consulta pública e depois na câmara municipal,essas dunas são de preservação ambiental.
    Esses políticos são todos mentirosos.
    Elinaldo peça para ir ao banheiro e saia,o seu projeto é igual de Caetano familiar.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*