PSL suspende cinco deputados bolsonaristas

Eles pertencem à ala bolsonarista do partido, rival do grupo do presidente Luciano Bivar.

Foto : Divulgação

Em conflito aberto entre o presidente Jair Bolsonaro e o líder nacional do PSL, Luciano Bivar, o partido anunciou hoje (18) a suspensão de cinco deputados apoiadores do chefe do Executivo e confirmou alterações nos diretórios comandados por seus filhos Flávio e Eduardo.

Os cinco parlamentares suspensos são: Carlos Jordy (RJ), Ale Silva (MG), Bibo Nunes (RS), Carla Zambelli e Filipe Barros (PR). A informação foi confirmada pelo deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), integrante da executiva nacional, e pelo líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), na saída do encontro.

A decisão foi tomada durante uma convenção da sigla, em Brasília. O evento marcou também a eleição de 52 pessoas para o diretório nacional que passou a ter 153 membros. Dos novos eleitos, a maioria é alinhada a Luciano Bivar, presidente do partido.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*