Receita Federal apura contratos da TV Globo com celebridades da casa, na gestão de Bolsonaro

Foto: Reprodução / Youtube

Segundo informações da revista Veja, publicadas nesta sexta-feira (17), a Receita Federal exigiu os contratos da TV Globo com celebridades da emissora e do cinema brasileiro. A Globo tem sido alvo de ameaças do presidente Jair Bolsonaro, que também ataca outros veículos de imprensa.

Após o recebimento dos dados, o Fisco passou a encaminhar cartas de autuação aos endereços de diferentes artistas contratados pela casa. Os nomes das celebridades não foram informados pela reportagem, no entanto, foi destacado  que são “do primeiríssimo escalão” de atores e atrizes globais.

O prazo concedido pela Receita Federal, para que os globais justifiquem a opção pelo contrato de pessoa jurídica conhecido como “PJ”, em lugar do antigo “CLT” com a Globo, foi de 20 dias.

O órgão deseja cobrar dos globais o imposto de renda de pessoa física (27,5%), já que o imposto de pessoa jurídica é menor (de 6% a 15%), bem como uma multa (até 150%) e juros dos últimos 5 anos de contrato.

De acordo com o defensor jurídico dos artistas da Globo, Leonardo Antonelli, os procedimentos da Receita não passam de retaliação política.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*