Revista britânica diz que Bolsonaro é “ameaça” para o Brasil

A revista diz que, o candidato flerta com a ditadura e alerta para o eleitor não acreditar nas promessas de um político "perigoso".   

nova edição da revista britânica “The Economist” traz na capa o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, e afirma que o mesmo é tratado como “a ameaça mais recente da América Latina”.

A publicação, que é uma referência da direita liberal no mundo, pontua que o deputado federal seria um presidente “desastroso”. Segundo a revista, uma eventual vitória de Bolsonaro arriscaria piorar o atual cenário do Brasil.

“Bolsonaro, cujo nome do meio é Messias, promete salvação; na verdade, ele é uma ameaça para o Brasil e para a América Latina”, diz a “Economist”.

A avaliação negativa não é aliviada nem mesmo pela indicação de que o ultraliberal Paulo Guedes comandaria a economia em um eventual governo Bolsonaro. A revista ainda diz que, o candidato flerta com a ditadura e alerta para o eleitor não acreditar nas promessas de um político “perigoso”.

 

 

3 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*