Um manifesto público do sindicato dos rodoviários de Camaçari informa à população que a categoria irá parar as atividades nesta sexta-feira (31), por causa de uma “forte ameaça de desemprego no setor”.

Segundo nota da categoria, a ação visa denunciar uma suposta omissão do governo municipal perante aos compromissos assumidos antes do pleito eleitoral de outubro de 2016.

Confira a nota na íntegra:

” É fato que nosso transporte público não atende de forma eficaz A nossa sociedade, porem é evidente o desprezo do poder executivo pelo setor. O poder executivo se isenta de sua responsabilidade, fugindo e renegando sua obrigação de acompanhar e estar presente nas obrigações citadas Abaixo:

1- Reajuste de Tarifas

2-Fiscalizações do transporte clandestino.

3- Pontos de paradas de ônibus na cidade.

4- Pavimentações das vias públicas no centro e orla

5- Reordenamento do município com um plano Eficaz de mobilidade.

6- Controles da gratuidade que somente 2016 atingiu R$: 7.000.000.000 (Sete milhões de reais).”

Ainda segundo a categoria, a prefeitura nunca promoveu qualquer tipo de ação de subsídios ao setor, não tem como um setor que carece de reajustes tarifários na ordem 33%.

Culpa também recai sobre vereadores

A categoria denuncia também que alguns vereadores são responsáveis por querer acrescentar mais gratuidade para a população, sem apresentar uma proposta de como vai financiar o benefício sem causar prejuízos aos empregadores.

“Temos uma administração pública que não que não assume a responsabilidade para com o transporte público da nossa cidade” alega a categoria.

0 0 voto
Article Rating