Ronda Maria da Penha liberta espanhola de cárcere privado em Salvador

A mulher só conseguia se comunicar por e-mail e não fala bem o português

A Ronda Maria da Penha libertou, na manhã de domingo (11), uma espanhola que estava há dois dias em cárcere privado, num apartamento no conjunto Guilherme Marback, no bairro do Imbuí, em Salvador.

De acordo com a capitã Paula Queiros, o marido da espanhola é brasileiro e reteve o passaporte da mulher para que ela não retornasse ao país de origem. “Eles têm uma filha de um ano e oito meses. Encaminhamos ela para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) de Brotas, onde foi prestada a queixa”, afirmou.  Ainda segundo ela, a mulher só conseguia se comunicar por e-mail e não fala bem o português.

“É um absurdo que homens ainda queiram tratar mulheres como propriedade, mas essas vítimas podem contar com a Ronda Maria da Penha e com toda a Rede de Atendimento à Mulher”, disse Queiros.

Leia também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*