Sala Vermelha de Hospital em Madre de Deus é inaugurada oficialmente

A Sala Vermelha terá capacidade tecnológica e profissional para atendimento de qualquer paciente em emergência ou urgência médica.

Composta por dois leitos e com uma estrutura idêntica à de uma Semi-UIT (Unidade de Terapia Semi-Intensiva), a Sala Vermelha do Hospital Doutor Eduardo Ribeiro Bahiana, em Madre de Deus, foi inaugurada na manhã desta quarta-feira (28/06).

A unidade, administrada pela Associação de Proteção a Maternidade e a Infância de Castro Alves (APMI) na pessoa do presidente Luiz Hilarião, informou que a Sala Vermelha terá capacidade tecnológica e profissional para atendimento de qualquer paciente em emergência ou urgência médica, classificado em vermelho ou laranja pelo Protocolo Internacional de Manchester – utilizado para categorizar os pacientes quanto à prioridade de atendimento para que sejam estabilizados e encaminhados a outros hospitais.

De acordo com o diretor geral do hospital, Fábio Lima, a Sala Vermelha “vai salvar muitas vidas” e sua chegada à cidade representa um “marco histórico”. Fábio também afirmou que, “a gente não vai ficar devendo a nenhum hospital particular do estado”, disse.

Já o prefeito Jeferson Andrade destacou a abrangência no atendimento. “É importante ressaltar que essa Sala Vermelha não é exclusiva para moradores de Madre de Deus. Um hospital de média complexidade é porta aberta, nós não podemos recusar pacientes de nenhuma cidade vizinha. Então, à medida que chegue alguém aqui com necessidade de estabilização temos obrigação de atender”, pontua.

A sala verde (área de medicação) da unidade também passou por importantes intervenções. O local recebeu uma nova roupagem, além de aparelhos de ar condicionado, móveis e equipamentos novos, requalificação no piso e no teto, bem como revisão na parte elétrica.

Contudo, os avanços não param. Ainda segundo Fábio Lima, o Hospital deve passar por novas reformas nas enfermarias, alas de internações e implantação da sala de parto humanizado e de uma ouvidoria, que tem como objetivo primordial ‘ampliar o vínculo com a comunidade’.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*