Com 290 contratos de aluguel de imóveis no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvadr, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) está com as contas no vermelho, isto porque, do total, 227 propriedades registram pendências financeiras, o que configura mais de 78% de inadimplência.

Em 2013, inclusive, o órgão foi notificado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a irregularidade no pagamento por parte dos ocupantes dos espaços públicos. Por meio de nota, o Instituto afirmou que “a inadimplência é nociva à conservação dos prédios”.

Informações do VN

0 0 voto
Article Rating