Pescadores de Salvador seguem relatando sofrer altos prejuízos com a queda na venda de pescados, após dois meses da chegada de óleo nas praias do litoral baiano. Para os pescadores do Porto da Sardinha, no bairro de São João do Cabrito, as vendas diminuíram em aproximadamente 80%.

Mulheres que tratam peixes para comercialização também relataram uma significativa redução nas vendas. Na região, tem se tornado frequente ver barcos cheios de peixes que não conseguiram ser vendidos.

As pessoas estão receosas em consumir peixes e mariscos, devido ao desastre ambiental com óleo, que atingiu diversos municípios baianos, incluindo Salvador. De acordo com uma pesquisa da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri), os pescados do litoral baiano não foram contaminados por manchas de óleo. Com informações G1 Bahia.

 

0 0 voto
Article Rating