Salvador: rodoviários rejeitam proposta de empresários e paralisações não estão descartadas

Após assembleias realizadas em dois turnos uma pela manhã e a outra durante a tarde de hoje (25), os rodoviários mantiveram a rejeição às propostas feitas pelos empresários. O diretor da entidade, Fábio Primo, informou ao Metro 1 que, caso haja novas paralisações, elas serão comunicadas previamente à população.

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia (SRTE-BA) convidou o Sindicato dos Rodoviários e a Integra para uma reunião de negociações, marcada para a próxima quinta-feira (2).

A categoria pede um aumento de 8%. Apesar disso, os trabalhadores reduziram de 22 para 11 itens a lista de reivindicações. Entre elas, está o pedido de aumento no vale-alimentação e a redução da contrapartida de 10% para 1% de cobrança no pagamento.

Os trabalhadores reclamam ainda de uma proposta feita pelos empresários para retirar um domingo de folga, acabar com o pagamento de horas extras e criar um banco de horas.

5 Comentário

  1. Pior tá em Camaçari, transporte público caótico, umas lataria velha, e uns micro ônibus horrível, tem cidades do interior que tem o transporte público melhor. Essas desgraças desses políticos só sabem roubar eles não andam de ônibus eles querem mais que o povo se foda.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*