Após dois anos sem realizar festejos juninos, Camaçari terá mais um ano sem o tradicional Camaforró. A decisão de descentralizar a festa foi decidida nesta terça-feira (19), durante reunião entre o prefeito Elinaldo Araújo, o secretário de Governo, José Gama, e os responsáveis pela Coordenação de Eventos, Luiz Mário e Junior Barley. Eles decidiram que as festas vão acontecer de forma descentralizada e contemplar bairros e praças da sede, além das localidades da costa do município.

Segundo comunicou Elinaldo, a gestão municipal fez uma análise da conjuntura atual e das perspectivas de retorno das atividades econômicas no município, e não poderia deixar de lado a importância de inserir os festejos juninos no calendário municipal. “Mesmo sabendo das dificuldades do ponto de vista da saúde, do protocolo sanitário, pois estamos atentos à questão da pandemia, que ainda não se dissipou e não estamos seguros ainda dessa situação. Também levamos em consideração a realidade econômica do município, que requer responsabilidade, e com essa visão de atender à sociedade e ao calendário turístico e cultural, nós decidimos apostar num São João 2022 com um formato mais comunitário e participativo, sem a grande festa que estamos acostumados a fazer no espaço Camaçari 2000”, ponderou.

As comemorações serão iniciadas com a tradicional festa de Santo Antônio, que acontecerá 11 e 12 de junho; passando pelas festividades do São João, 23 e 24 de junho; e finalizando com São Pedro, que ocorrerá em dois momentos, dias 1º e 2 de julho além de 8 e 9 de julho.

PROGRAMAÇÃO

Santo Antônio
Inocoop, Phoc I e Barra do Jacuípe
11 e 12 de junho

São João
Vila de Abrantes, Jauá, Areias, Arembepe, Caminho do Mar e Monte Gordo
23 e 24 de junho

São Pedro
Gleba C e Barra do Pojuca
1º e 2 de julho

Parafuso
8 e 9 de julho

3.5 11 votos
Article Rating