Servidores da saúde queimam fardamentos em protesto contra a prefeitura de Lauro de Freitas

A categoria demonstrou total insatisfação com a atual gestão

Foto: Reprodução/ Sindacs Bahia

Na tarde da última sexta-feira (14) os trabalhadores da saúde fizeram um protesto e queimaram uniformes velhos em frente ao gabinete da prefeita Moema Gramacho, em Lauro de Freitas.

De acordo com o sindicato, faz um mês que os servidores estão realizando trabalho interno, devido as pendências da Campanha Salarial 2018/2019, devido a falta do fornecimento do fardamento e dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Durante a realização da assembléia, a categoria demonstrou total insatisfação com a atual gestão, e relataram que alguns servidores estão sem posto de saúde, tendo que realizar as atividades em outro posto sem arquivo para organizar suas visitas domiciliares.

Ainda de acordo com o sindicato, os tablets utilizados foram entregues para conserto há mais de 02 meses e até hoje não obtiveram retorno. Além disso os agentes cobram por uma restruturação das unidades de Pronto Atendimento.

Após protesto, os servidores aguardam um posicionamento da prefeita Moema Gramacho para apresentar uma resolução e resolver as pendências apresentadas.

9 Comentário

  1. Poluição sonora aqui em Lauro n funciona a cidade abandonada ligue pra guarda e só enrolação ela acha q todo mundo aqui ama ela e a banda pobre dela um bando puxa saco. Q fica dizendo q ela nossa rainha.

  2. Moema nao vez nada na gestão passada não era nessa que ela iria fazer! Não sei como foi eleita. Totalmente sem capacidade para gerir a prefeitura! Mais vamos olhar a conta bancária,deve estar cheia em quanto o povo sofre com o descaso.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*