Três adolescentes foram agredidos e acusados de furto dentro de um supermercado Rede Mix, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. A denúncia foi feita pela mãe de dois desses garotos em entrevista ao programa Bahia No Ar, da rádio Sucesso FM, nesta segunda-feira (1).

Segundo Maiara Mascarenhas, o fato ocorreu no último sábado (30), por volta das 18h30, quando os adolescentes, de 13, 15 e 16 anos, foram até o supermercado para comprar uma sandalha.

“O meu filho, de 13, entrou com um biscoito, que ainda estava etiquetado com o nome do mercado de outro local. Na embalagem, restou três biscoitos. Ele torceu a embalagem e colocou na mochila do amigo. Pegaram o chinelo e foram para o caixa e efetuaram o pagamento. Saindo do caixa, os dois seguranças abordaram os três menores”, relatou.

De acordo com a mãe, os adolescentes foram abordados de forma truculenta sem direito a defesa ou explicações sobre o que de fato estava acontecendo.

Agressões

“O meu filho de 13, não teve nem reação, só agachou, com medo. Ele jogou o menino contra a parede. O outro veio e pegou os outros dois, o meu filho, de 15 anos, e o amigo, de 16 anos, pela camisa e saiu empurrando, dando soco nas costas”, afirma Maira Mascarenhas.

Os adolescentes foram levados para dentro de um banheiro e só foram liberados após uma cliente ter interferido e afirmado ter visto um dos garotos adentrar o estabelecimento comercial já em posse do biscoito ao qual ele estava sendo acusado de furto.

A mãe ainda relata que quando um dos seguranças abriu a mochila e viu que o produto pertencia a outro estabelecimento comercial, ainda tentou incriminar os garotos, colocando um biscoito da Rede Mix entre os pertences dos adolescentes, mas foi impedido pelos clientes.

Maira Mascarenhas acionou a Polícia Militar, que encaminhou os acusados para a 8ª Delegacia Territorial, onde foi feito um Boletim de Ocorrência (B.O).

Tanto os seguranças quanto os garotos foram ouvidos e liberados. A mãe dos adolescentes ainda solicitou as imagens do supermercado da Rede Mix, mas a administração só disse que poderia liberar mediante ação judicial.

A Redação do Bahia No Ar não conseguiu contato com a administração do supermercado Rede Mix até o fechamento dessa matéria.

5 2 votos
Article Rating