A votação das contas do ex-prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar (PSD) foi a causa de uma grande polêmica que envolveu os vereadores Neco Almeida (PSD) e Luciano Almeida (MDB).

Relator do parecer das contas do ex-gestor, Luciano Almeida afirmou durante sessão da Câmara que votaria nas contas em questão, de acordo com o posicionamento do vereador Neco Almeida, líder do governo na Casa.

Em entrevista para o Bahia No Ar, o edil reafirmou a declaração, justificando que faz parte de um grupo e por conta disso, o correto seria seguir a orientação do líder.

Também em entrevista para o Bahia No Ar, Neco Almeida deixou claro que não gostou nem um pouco da postura de Luciano e classificou como “maldosa” e “infantil” a declaração do edil.  Além disso, Neco disse que o colega não deve conhecer o regimento do Legislativo e afirmou que o voto de cada vereador será individual e sem qualquer influência.

” Ele é o relator de finanças, na qualidade de relator é ele que tem que dar o parecer. Ele foi deselegante. Ele tem que assumir o voto dele, dizer se vota contra ou favor e o voto de cada um é individual”, disse.

Vale ressaltar que habitualmente, o voto do relator  é apresentado primeiro, podendo os outros parlamentares adotarem o mesmo ou não.

0 0 voto
Article Rating