Suprema Corte da Índia considerou inconstitucional uma lei colonial que punia a homossexualidade com penas de até dez anos de prisão. A corte julgou nesta quinta-feira(6) o caso apresentado em 2016 por cinco cidadãos indianos que diziam viver em um ambiente de medo e perseguição policial devido à legislação do país.

A legislação, datada de 1860, foi criada pelo Reino Unido no período da colonização indiana. Apesar dos grandes centros urbanos se tornarem mais tolerantes com a população LGBT, os gays ainda eram discriminados no interior do país.

0 0 voto
Article Rating