Surdoatletas camaçarienses compõem a lista dos 10 indicados que vão para a última fase de seletiva para o Pan

Foto: Reprodução / Associação de Surdos de Camaçari

Esporte e inclusão deram as mãos e alçaram voos bastante promissores. No último final de semana, pela primeira vez na Bahia e em todo o Nordeste, foi realizada a seletiva da Seleção Brasileira de Futebol de Surdos, que objetiva levar surdoatletas baianos, a quem sabe, representarem à nação brasileira no Pan-Americano, que acontecerá em Temuco, no Chile, nos dias 10 e 18 de novembro, deste ano.

No total, dez surdoatletas baianos foram convocados para participarem da etapa final de avaliação, que acontece em Macaé, no Rio de Janeiro, no dia 28 de setembro. Destes, 3 são camaçarienses: Alisson Pereira, Erivan Santana e Talisson Ribeiro.

Os demais são de Salvador e alguns municípios da Região Metropolitana (RMS), a exemplo de Simões Filho. São eles: Rodrigo Barbosa, Elton Ferreira, Fábio Santos, Luan Cesár, João Neto, Jeferson Santos e Lucas Jambeiro.

Nesta segunda-feira (2), em conversa com o Bahia No Ar, a técnica da Seleção Brasileira de Surdos, Cristiane Lima, que participou de todo o processo avaliativo, disse que os atletas selecionados possuem um grande potencial para chegarem a lista dos 23 convocados que defenderão a bandeira brasileira durante o Pan.

Cristiane ainda pontuou que se sente privilegiada em fazer parte da iniciativa pioneira, além de revelar que leva na bagagem planos futuros para Camaçari, pensados com a ajuda da Associação dos Surdos de Camaçari (ASCAM), entidade que responde pelos surdos no município e que contribuiu a todo momento com o processo da seletiva.

Técnica da Seleção Brasileira de Surdos, Cristiane Lima

“Junto com a ASCAM estamos desenvolvendo um projeto para apresentar à Federação, objetivando que Camaçari seja um núcleo que pode estar ajudando todo o estado [Bahia], já que essa seletiva foi a primeira no nordeste”, destacou.

A camaçariense, Dilma Mendes, que em janeiro assumiu o cargo de treinadora da Seleção Brasileira Feminina de Futebol 7, também conversou com a equipe do Bahia No Ar. Dilma, que é uma grande apoiadora do esporte municipal, descreveu alguns passos que antecederam a decisão de trazer as seletivas para a Bahia, visto que ela foi uma das principais responsáveis pela conquista.

“Sempre tivemos esse sonho, tentar fazer algo para os surdos em Camaçari. Conheci a professora Cristina no Rio, através da minha convocação para a Seleção Brasileira, e falei com ela desse desejo, se não poderíamos fazer algo no município para que valorizassem os atletas surdos de Camaçari. Agora esse sonho se tornou realidade. A ASCAM também foi uma grande apoiadora. Fiz o contato com eles e hoje estamos aqui felizes”, contou Dilma, que já treinou outras modalidades do esporte, como Futsal e Futebol Society, além de realizar um feito inédito, ser a única treinadora de Camaçari à assumir o comando técnico da Seleção Brasileira Feminina de Futebol 7.

Por fim, Cristiane ressaltou que independente da convocação para o Pan, os dez surdoatletas selecionados irão compor uma espécie de “banco de dados”, que já conta com 62 nomes, e a qualquer momento poderão ser chamados.

Abaixo as fotos dos 3 camaçarienses selecionados para a etapa final de avaliação no dia 28 de setembro:

 

Alisson Pereira dos Santos (Foto: Reprodução)
Talisson Ribeiro (Foto: Reprodução)
Erivan Santana (Foto: Reprodução)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*