Taxista foi morto por vingança, diz polícia

Suspeito de cometer crime afirma que homem matou sua tia há 5 anos

Foto: Divulgação

A morte do taxista Antônio Jorge de Souza Gomes, na noite da última quarta, 12,  foi motivada por vingança. A informação foi divulgada pela assessoria da Polícia Civil nesta quinta, 14.

Um dos suspeitos de cometer o crime, Robson Santos de Jesus, é sobrinho da ex-companheira do taxista, e o acusa de ter matado a tia dele há cinco anos. Ainda de acordo com a polícia, Robson foi autuado em flagrante por homicídio e encaminhado para audiência de custódia. De acordo com a Polícia Militar, ele estava armado com um revólver e em companhia de uma mulher quando foi preso. Os PMs conduziram os envolvidos e a arma para a sede do DHPP para registro da ocorrência”, diz a nota enviada pela corporação.

Testemunhas contaram que o casal estava dentro do táxi da vítima e fugiu após o crime. Antônio, de acordo com a Associação Geral dos Taxistas (AGT), estava no Campo Grande quando recebeu uma ligação e foi fazer a corrida.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, DHPP.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*