Temer é chefe de organização criminosa há 40 anos, diz Lava Jato no RJ

temer

Segundo investigação da Lava Jato no Rio de Janeiro, o ex-presidente Michel Temer é chefe de uma organização criminosa que atua há 40 anos no Rio de Janeiro. “Michel Temer é o líder da organização criminosa a que me referi, e o principal responsável pelos atos de corrupção aqui descritos”, afirmou o juiz Marcelo Bretas na sentença.

Temer foi preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira (21) por agentes federais do Rio de Janeiro. Na ação, ainda foi preso no Rio de Janeiro o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco. A PF cumpre mandados contra mais seis pessoas, entre elas empresários. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro.

A prisão de Temer é preventiva e teve como base a delação de José Antunes Sobrinho, dono da Engevix.

As investigações apontam que a organização criminosa praticou diversos crimes envolvendo variados órgãos públicos e empresas estatais, obtendo lucro de mais de R$ 1,8 bilhão.

A investigação ainda mostra que diversas pessoas usadas no esquema de lavagem de ativos de Michel Temer continuam recebendo e movimentando valores ilícitos, além de permanecerem ocultando valores, inclusive no exterior.

39 Comentário

  1. Não tenho pena do Temer. Por mim, o dracula paraguaio ficaria preso a eternidade. Mas oq me chama atenção é o fato dessa prisão ocorrer depois da briga entre Moro e Maia, já q Moreira Franco é sogro de Maia. Há algo podre no reino da Dinamarca.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*