‘Tornar Salvador mais sustentável’, diz Neto sobre projeto que pretende proibir uso de sacos e canudos plásticos

ACM Neto, prefeito de Salvador. (Foto: Reprodução)

A prefeitura de Salvador planeja proibir o uso de sacolas e canudos plásticos descartáveis. O objetivo é diminuição da emissão de carbono no meio ambiente. Conforme um comunicado divulgado pelo órgão municipal, um projeto de lei sobre o tema será enviado à Câmara de Vereadores nas próximas semanas.

De acordo com o prefeito ACM Neto, o foco é “tornar Salvador mais sustentável”.

“Essa é uma ação concreta de um conjunto de providências que vamos tomar dentro desse plano de mitigação, para que possamos neutralizar a emissão de carbono e tornar Salvador mais sustentável”, pontuou.

Caso seja aprovada pela Câmara, a medida valerá para pequenos, médios e grandes comerciantes da capital baiana; eles terão o prazo de um ano para se adaptarem às restrições em relação às sacolas, e três meses em relação aos canudos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*