Transferência do Coaf para o Banco Central é concluída por Bolsonaro

Foto: Reprodução ( Beto Nociti / BCB)

A Medida Provisória (MP) que desloca o Conselho de Controle de Atividade Financeira (Coaf), do Ministério da Economia, para o Banco Central foi assinada nesta segunda-feira (19), pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). A MP foi publicada no “Diário Oficial da União” desta terça-feira (20). Agora, o órgão passa a se chamar Unidade de Inteligência Financeira.

No começo do mês a transferência já havia sido anunciada por Bolsonaro, ao alegar que a medida iria retirar o órgão “do jogo político”.

Antes disso, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu o compartilhamento de dados do órgão feito sem autorização judicial.

Em entrevista ao Estadão, o presidente do Coaf, Roberto Leonel, criticou a decisão. Ele foi indicado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, a quem o órgão era subordinado.

Em nota, o Ministério da Economia e o Ministério da Justiça e Segurança Pública asseguraram que “prestarão apoio administrativo” ao órgão, durante um período de transição.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*