A unidade do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de Parintins será desativada. A informação foi confirmada pelo órgão na quinta-feira (29). Atualmente, a unidade de Parintins era a única que seguia ativa no interior do Amazonas.

De acordo com o superintendente substituto, Leslie Tavares, um termo de cooperação entre o Ibama e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) vai viabilizar a fiscalização de crimes ambientais no município. A nova medida pretende permitir um sistema de controle integrado. As informações são do G1.

O Termo de Cooperação Técnica prevê que o Ibama utilize os centros multifuncionais para combater crimes ambientais no interior do estado Sendo assim, esses pontos serão utilizados somente quando houver necessidade.

Ainda segundo Tavares, dezenas de bases do Ibama – que eram destinadas a cuidados de unidades de conservação – passaram para o ICMbio ao longo dos anos. No entanto, o superintendente ressaltou que as fiscalizações continuam.

“O efetivo que se utiliza é de outros estados. O órgão é federal. Em geral, esse efetivo é acompanhado da polícia ambiental, que sempre dá apoio. (…) Apuí, Novo Aripuanã e Lábrea são fiscalizados por agentes de todo o Brasil. Não houve diminuição da presença do Ibama porque não tinha base. A fiscalização vem ocorrendo normalmente”, finalizou.

0 0 voto
Article Rating