Urgente: Lula deixa a prisão em Curitiba após decisão do STF

Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias.

Foto: Divulgação

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a prisão em Curitiba após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (8). Lula saiu da Superintendência da Polícia Federal (PF) por volta das 17h40. As informações são do portal G1.

Após deixar a prisão, Lula fez um discurso no qual agradeceu a militantes que ficaram em vigília por 580 dias e fez críticas ao que chamou de “lado podre do Estado brasileiro”, do Ministério Público, da Polícia Federal e da Receita Federal.

Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias. Agora, o juiz Danilo Pereira Jr. autorizou que Lula recorra em liberdade.

Nesta quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016.

19 Comentário

  1. Liberdade sem honra alguma, porque não foi inocentado. Foi beneficiado em retribuição aos favores de nomear amigos para a nada suprema corte. Daqui por diante será o ex-presidiário. Essa tarja estará tatuada para sempre e escrita no seu curriculum. O condenado que nunca provou inocência.

  2. Gritam Lula livre pelo mesmo motivo de sempre: projeção imaginativa. Ele é alcoólatra, preguiçoso, analfabeto, zoófilo, criminoso condenado, fundador da maior organização criminosa da América Latina. Gritar Lula livre é gritar João livre, Pedro Livre, Bárbara livre. Livre de que? De qualquer auto-acusação de barbárie. Gritar Lula livre é gritar pela repressão da própria consciência moral que a uma só vez nos anestesia e nos deforma.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*